Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Sindicatos anunciam protestos

Após ter cessado o diálogo com o Ministério da Educação, a Plataforma Sindical dos Professores dá hoje a conhecer a resposta do gabinete do primeiro-ministro José Sócrates à reunião pedida pelos docentes.
7 de Abril de 2008 às 00:30
Mário Nogueira, porta-voz
Mário Nogueira, porta-voz FOTO: Pedro Catarino

Uma semana após o regresso às aulas, os professores não querem deixar arrefecer a contestação que levou dois terços da classe a marchar pelas ruas de Lisboa, no dia 8 de Março. Por isso, a plataforma anuncia as linhas mestras que vão orientar o debate sobre o ‘Estado da Escola Pública’ no País, que terá lugar em todas as escolas no dia 15 deste mês.

Acusando o Ministério da Educação de 'falta de abertura' na discussão da avaliação do desempenho, os professores vão ainda definir os moldes em que vão decorrer as segundas-feiras de protesto, entre os dias 14 de Abril e 17 Maio. A hipótese de levar a cabo uma nova manifestação nacional não é posta de lado pelos sindicatos.

O anúncio dos novos protestos surge dois dias depois de a ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, ter assumido que 'não há uma única escola' que tenha pedido a suspensão da avaliação.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)