Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Sindicatos da PSP organizam marcha lenta

Cinco sindicatos da PSP anunciaram esta quarta-feira que vão realizar na amanhã uma marcha lenta em Lisboa para exigir o desbloqueamento de verbas por parte do Governo que regularize a sua situação profissional.
9 de Fevereiro de 2011 às 16:39
Sindicatos da PSP exigem a regularização das carreiras profissionais
Sindicatos da PSP exigem a regularização das carreiras profissionais FOTO: Pedro Catarino

No final de uma reunião com o secretário de Estado-adjunto e da Administração  Interna, José Conde Rodrigues, António Augusto, do Sindicato Profissionais da Polícia (SPP), uma das estruturas que promove o protesto de quinta-feira, lamentou que o encontro não tenha dado resultados: "Foi mais uma reunião. Não trouxemos nada", afirmou.

No encontro foi discutida a nova tabela remuneratória da PSP, que está prevista no novo estatuto profissional da polícia que entrou em vigor a  1 de Janeiro de 2010, e os atrasos na transição dos profissionais. Segundo o sindicalista, o secretário de Estado remeteu o assunto para o Ministério das Finanças.

"Aquilo que o senhor secretário de Estado nos explicou foi que o problema está na indisponibilidade do Ministério das Finanças em assinar a autorização que disponibilize as verbas que são necessárias para que se efectue a nossa transição. Estamos a falar de cerca de 24 milhões de euros", apontou.  

"Face aos constantes atrasos na regularização profissional", alguns  sindicatos da PSP vão levar a cabo esta quinta-feira uma acção de protesto.

Em caravana automóvel, os sindicalistas vão partir pelas 18h00 da Avenida  de Ceuta em direcção ao Ministério das Finanças, passarão também pela Direcção  Nacional da PSP e terminarão o percurso em frente à Assembleia da República, onde entregarão um documento com as suas reivindicações.

psp marcha lenta protesto sindicatos ministério administração interna finanças
Ver comentários