Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Sintra prepara plano para refugiados

Plano prevê dotação de cerca de 500 mil euros.
8 de Setembro de 2015 às 16:56

A Câmara de Sintra está a preparar um plano de acolhimento e integração de refugiados, com uma dotação financeira de cerca de 500 mil euros, para apoiar cidadãos que o país venha a receber, anunciou esta terça-feira a autarquia.

Segundo anunciou o presidente da autarquia, Basílio Horta (PS), na reunião pública do executivo camarário, o município "vai ajudar e acolher famílias de refugiados que o país está prestes a receber", informa uma nota camarária.

A autarquia está a preparar a elaboração de um plano de acolhimento e integração de cidadãos refugiados e, para o autarca, o documento deve estabelecer, entre outras questões, "onde colocar as pessoas e o que vão comer", lê-se no comunicado.

De acordo com uma informação da autarquia, uma das famílias é oriunda da Eritreia e a outra do Sudão, ambas acolhidas provisoriamente num campo de refugiados no Egito.

Câmara de Sintra Basílio Horta PS Eritreia Sudão política autoridades locais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)