Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

“Situação actual do País pede mais verdade”

Eugénio da Fonseca Presidente da Cáritas Portuguesa sobre a situação social e a reunião magna da instituição.
9 de Abril de 2011 às 00:30
Eugénio da Fonseca
Eugénio da Fonseca FOTO: d.r.

Correio da Manhã – O vosso conselho geral acontece [entre ontem e amanhã] pouco depois de o Governo ter pedido ajuda externa. O assunto vai ser abordado?

Eugénio da Fonseca – Com certeza. As situações social, económica e política do País vão estar em cima da mesa.

– Com destaque para o social?

– Sim. Essa é, de facto, a área que mais nos interessa, mas temos em conta que depende das outras.

– A entrada do FMI preocupa-o?

– Se este é o caminho para sairmos da grave situação em que estamos tudo bem. Mas temos de assumir compromissos e saber como os vamos realizar. Os políticos deverão ser muito cuidadosos nas negociações, para que as condições do empréstimo a contrair sejam repartidas por todos, com equidade social, ou seja, de forma que contribua, de facto, quem mais pode.

– Sabe que isso é difícil?

– Mas é obrigatório. A situação actual do País pede mais verdade política. Tem de se falar verdade às pessoas e estas devem assumir as suas responsabilidades.

– Ainda não tem dados sobre os pedidos de ajuda à Cáritas nos últimos meses?

– Não. Esses dados vão-nos ser transmitidos neste encontro pelas vinte Cáritas diocesanas.

– Os pedidos de ajuda têm aumentado?

– Sei isso e sei também que a ajuda que podemos dar fica muito aquém das necessidades e das solicitações. Temo-nos concentrado nos casos mais graves, tentando evitar que as famílias passem fome ou percam as suas casas, para que os doentes ou idosos tenham acesso aos medicamentos. Mas não podemos fazer mais.

– Sente que os portugueses têm cada vez menos esperança?

– Não posso dizer o contrário, mas quero sublinhar que o País tem condições para ultrapassar a crise. Acho que os governantes devem centrar as suas energias na criação de emprego. É fundamental.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)