Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Sobrevivência do lobo ibérico em risco

A construção das quatro barragens previstas para o Alto Tâmega poderá pôr em perigo a sobrevivência do lobo ibérico na zona do Alvão, em Vila Real, alertou ontem o Grupo Lobo.
16 de Fevereiro de 2010 às 00:30
Lobos podem ficar isolados
Lobos podem ficar isolados FOTO: Andre Kosters/Lusa

"O maior problema para o lobo não é a destruição de habitat, é o efeito barreira" causado pela construção de barragens, o que dificulta o "atravessamento da espécie", frisou Gonçalo Costa, técnico do grupo. O especialista acrescentou que "se não houver cruzamento entre as alcateias do Alvão e do Barroso, separadas pelo rio Tâmega, a população do Alvão ficará isolada, tornando-se mais difícil renovar a espécie". O efeito barreira dos empreendimentos hidroeléctricos juntamente com os parques eólicos, as pedreiras, as auto-estradas e a actividade do homem colocam a sobrevivência do lobo ibérico em risco. Gonçalo Costa refere que o "ideal seria não construir tantas barragens numa zona tão próxima".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)