Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Sobreviveu a queda de 200 metros

Os bombeiros falam em “milagre ou sorte” para descrever o que aconteceu ao início da madrugada de ontem, num aparatoso acidente rodoviário em que o condutor ‘apenas’ ficou ferido com gravidade após ter ‘rebolado’ por 200 metros numa ravina, na A1, zona de Aveiro/Sul.
28 de Fevereiro de 2006 às 00:00
O veículo, um Kia cinzento, era conduzido por José Manuel Gomes, de 38 anos, residente em Sesimbra, e seguia no sentido Norte/Sul. Por razões desconhecidas, o carro despistou-se e, desgovernado, galgou os rails de segurança e projectou-se na ravina.
No local há uma ponte – sobre um rio e uma estrada na localidade de S. João de Loure – com uma altura de 30 metros e que poderia ter logo ali ditado uma queda para a morte. No entanto, o carro foi ‘rebolando’ ao longo de 200 metros, amparado por pinheiros e vegetação rasteira.
O Kia ficou destruído e a vítima teve de ser desencarcerada. Recebeu os primeiros socorros da Viatura Médica de Emergência. Depois de estabilizado, foi transportado pelos Bombeiros de Albergaria-a-Velha para o Hospital Infante D. Pedro, em Aveiro.
Ainda durante a madrugada acabaria por ser transferido para os Hospitais da Universidade de Coimbra, para exames neurológicos complementares e é lá que se encontra ainda sob observação, mas livre de perigo.
Também uma criança, aparentando cerca de três a quatro anos, ficou ontem de manhã gravemente ferida na sequência de uma colisão entre o automóvel em que seguia e um ligeiro de mercadorias, em Portela das Padeiras, Santarém. Resultaram ainda dois feridos ligeiros do acidente.
MAIS CINCO FERIDOS
A BT registou cinco mortos, 20 feridos graves e 149 ligeiros, em 528 acidentes, nos primeiros dois dias da ‘Operação Carnaval’ – menos um morto mas mais cinco feridos graves que em igual período do ano passado. E ontem à noite, eram conhecidos mais sete feridos graves.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)