Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Sócrates paga prestação de monte de Fava

Ex-primeiro-ministro pagou 4650 euros por mês ao BES.
Alexandre M. Silva e Eduardo Dâmaso(eduardodamaso@sabado.cofina.pt) 30 de Março de 2015 às 08:30
Empresa de Santos Silva pagou avença de 4900 euros a Sofia Fava
Empresa de Santos Silva pagou avença de 4900 euros a Sofia Fava FOTO: Duarte Roriz

José Sócrates pagou ao antigo BES, durante cerca de um ano, a prestação mensal do monte que a ex-mulher, Sofia Fava, adquiriu em 2012 em Montemor-o-Novo, no Alentejo, por 760 mil euros. A revelação consta do despacho inicial do juiz de instrução criminal, Carlos Alexandre, no qual o Ministério Público alega que o imóvel foi comprado com dinheiro de Sócrates ou que está sob controlo formal do seu amigo Carlos Santos Silva.

Sofia Fava adquiriu o Monte das Margaridas, uma propriedade com 12 hectares na qual existe uma moradia de 500 m2 com piscina, a 3 de fevereiro de 2012, com um empréstimo do ex-BES de 760 mil euros. Por este crédito, "desde março de 2012, a Sofia Fava passou a ter um encargo fixo com juros no total mensal de cerca de 4650 euros", refere o despacho do juiz de instrução criminal.

Nesse despacho, o Ministério Público revela como essa despesa foi paga: "A satisfação de tal encargo foi realizada, ao longo de 2012 e até final de fevereiro de 2013, com transferências oriundas da conta CGD de José [Sócrates] Pinto de Sousa, mas, a partir de março de 2013, a Sofia Fava passou a receber pagamentos realizados pela sociedade XLM, no montante de 4900 euros por mês, sob a justificação da pretensa prestação de serviços pela Sofia àquela sociedade", que é detida por Santos Silva.



Segundo o Ministério Público, "no decurso de 2013, a conta de Sofia Fava recebeu um total de créditos de 156 544 euros, dos quais 50 mil euros provêm diretamente de José Pinto de Sousa e 87 850 euros provêm da esfera de Carlos [Santos] Silva, em particular através da XLM."

Para o Ministério Público, "mais uma vez, verifica-se que a aquisição do imóvel Monte das Margaridas é feito à custa de fundos que vêm diretamente da esfera de José Pinto de Sousa ou que estão sob o controlo formal de Carlos Silva, mas que na realidade pertencem ao primeiro."
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)