Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Solitário ataca à luz do dia em Benfica e rouba 150 euros

Carlos Conceição, 33 anos, viveu terror ao encarar assaltante armado na sua papelaria.
17 de Janeiro de 2014 às 17:41
Carlos Conceição foi ameaçado e obrigado a entregar todo o dinheiro que estava na registadora
Carlos Conceição foi ameaçado e obrigado a entregar todo o dinheiro que estava na registadora FOTO: Vítor Mota

Estava aqui sozinho, a lanchar, e de repente entrou um homem de gorro na cabeça e o casaco a tapar a boca e o nariz. Nem me deu tempo para reagir. Num segundo já estava do lado de dentro do balcão. Encostou-me o revólver nas costelas e obrigou-me a abrir a caixa registadora. Temi morrer aqui". É assim que Carlos Conceição, 33 anos, relata o assalto à papelaria Picas, que explora em Benfica, Lisboa, anteontem à tarde.

"Só se viam os olhos dele. E falou-me sempre em surdina. Ainda tentei demorar a abrir a registadora e a dar-lhe o dinheiro, na esperança de que alguém entrasse e me ajudasse. Mas ele voltou a pressionar o revólver, que estava municiado, contra mim. Senti que, à terceira, ele disparava contra mim e pus o dinheiro todo no saco", acrescenta Carlos Conceição.

O roubo armado aconteceu pelas 17h00 de anteontem. O assaltante conseguiu fugir com 150 euros em dinheiro. Não usava luvas, "mas teve sempre o cuidado de não tocar em nada", pelo que não deixou qualquer impressão digital na papelaria.

No entanto, ao fugir a pé do local do crime, o assaltante passou em frente a uma farmácia e foi filmado pelas câmaras de videovigilância. As imagens já estão na posse da Polícia Judiciária, que está a investigar o caso.

roubo armado papelaria pica benfica lisboa
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)