Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Souselas ao ataque

A Junta de Freguesia de Souselas, em Coimbra, ameaça recorrer aos tribunais para impedir a co-incineração de resíduos industriais perigosos na cimenteira local.
28 de Fevereiro de 2006 às 00:00
O presidente da Junta, o biólogo João Pardal, anunciou ontem à agência Lusa que “está a ser estudada” a entrega de uma providência cautelar para impedir a co-incineração na fábrica da Cimpor – como forma de defender a saúde e qualidade ambiental.
“A população de Souselas está doente, como prova um estudo da Administração Regional de Saúde do Centro [ARS]”, diz João Pardal. E pergunta “como é possível ser equacionada a co-incineração para Souselas, continuando o Governo a massacrar a população com uma teimosia?”.
O autarca lembra que aquela população apresenta uma “prevalência padronizada das doenças respiratórias” duas vezes superior à média da região Centro, segundo o referido estudo da ARS.
O mesmo estudo concluiu que os habitantes de Souselas apresentam uma percentagem quase três vezes superiores à média da região no que respeita a “bronquite crónica e doenças pulmonares crónicas obstrutivas”.
E quanto à prevalência de doenças tumorais, a população de Souselas tem uma taxa de mais do dobro dos valores registados no resto da região Centro.
A concluir, João Pardal exigiu “um plano de intervenção ao nível da saúde e em complementaridade um processo de requalificação ambiental.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)