Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Surda-muda lança fogo a instituição na Amadora

Desconhecem-se para já as motivações mas suspeita foi detida pela PJ.
5 de Março de 2019 às 09:26
isqueiro fogo
Incendiário
isqueiro fogo
Incendiário
isqueiro fogo
Incendiário
Utente de uma associação de apoio a pessoas com deficiência, na Amadora, uma mulher surda-muda de 36 anos ateou fogo à instituição, duas vezes, com acetona e um isqueiro. Primeiro, em outubro de 2018, depois já a 6 de janeiro.

Desconhecem-se para já as motivações mas foi agora detida pela PJ.

O fogo teve início numa sala de entrada e a rápida intervenção dos funcionários impediu a propagação das chamas.

A detida confessou os crimes e, presente a primeiro interrogatório judicial, ficou em preventiva no Hospital Prisão de Caxias.
Amadora PJ Hospital Prisão de Caxias questões sociais
Ver comentários