Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

SURPREENDIDOS À ENTRADA

Duas dezenas de cidadãos estrangeiros que tentavam entrar ilegalmente em território português foram detidos, ontem, durante uma acção de fiscalização desencadeada pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras na ponte internacional do Guadiana que liga o Algarve à Andaluzia, Espanha.
12 de Junho de 2002 às 22:04
Os clandestinos iam entrar no País através da ponte do Guadiana
Os clandestinos iam entrar no País através da ponte do Guadiana
A operação, realizada durante a manhã, permitiu a identificação de 1500 pessoas e visou o controlo dos fluxos migratórios por via terrestre.


De acordo com fonte da direcção do SEF, tendo em conta a cobertura das fronteiras externas portuguesas, nomeadamente aeroportos e portos marítimos, assiste-se a uma preocupação crescente devido à utilização das antigas fronteiras terrestres e outras zonas do interior sensíveis à circulação de fluxos migratórios.


Embora concentrada especialmente na ponte internacional do Guadiana, onde foram controladas 800 viaturas, a acção foi alargada ainda ao cais de embarque de Vila Real de Santo António, tendo sido vigiadas seis carreiras de barco, permitindo assim interceptar um total de 21 estrangeiros: oito argelinos, dez marroquinos e dois romenos provenientes de Espanha, que se preparavam para entrar no País sem qualquer autorização. Foi ainda detida ainda uma mulher de nacionalidade ucraniana que pretendia utilizar a ponte para chegar a Espanha.


Presentes a Tribunal, os ilegais vão ser transferidos para Espanha.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)