Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Suspeita de envenenar sobrinhas foi ilibada

Uma das vítimas morreu por excesso de medicação, em Santo Tirso.
Lusa 22 de Fevereiro de 2017 às 13:19
rguida foi acusada de dois crimes de homicídio, um deles tentado, pelo Ministério Público de Santo Tirso
rguida foi acusada de dois crimes de homicídio, um deles tentado, pelo Ministério Público de Santo Tirso FOTO: Direitos Reservados

A mulher de Santo Tirso que estava a ser acusada de envenenar duas sobrinhas em 2012 com medicamentos foi esta quarta-feira absolvida de dois crimes de homicídio qualificado, um deles de forma tentada.

Uma das vítimas acabou mesmo por morrer por intoxicação medicamentosa, a outra sobreviveu.

A mulher foi presente a Tribunal por se suspeitar que durante cinco anos tivesse envenenado as sobrinhas às refeições, na casa onde todas viviam. Com o excesso de medicamentos, as vítimas passaram a deslocar-se constantemente ao hospital queixando.se de vómitos, diarreia, dores abdominais, dores de cabeça, descoordenação e fala arrastada.

Os factos remontam ao período entre janeiro de 2008 e dezembro de 2012, quando as duas sobrinhas, que sofriam de deficiência mental moderada, ficavam ao cuidado da mulher.

Uma  das vítimas morreu a 20 de junho de 2012, a outra só não morreu por ter sido atempadamente encaminhada para o hospital e acolhida numa instituição, em dezembro de 2012.
sobrinhas medicação Santo Tirso morte crime ilibada absolvida vítimas envenenamento
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)