Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Suspeito de abusar da filha menor conhece decisão judicial

Um colectivo de juízes decide esta quarta-feira, no Tribunal de Espinho, o caso de um homem acusado de abusar sexualmente de uma filha menor, ao longo de cinco anos.
4 de Julho de 2012 às 08:20
Homem acusado de abusar sexualmente de uma filha menor ao longo de cinco anos
Homem acusado de abusar sexualmente de uma filha menor ao longo de cinco anos FOTO: d.r.

Durante a produção de prova, realizada à porta fechada, o arguido - que está em prisão preventiva - manteve-se em silêncio, segundo fonte conhecedora do processo.

No caso da vítima, o tribunal validou o testemunho para memória futura, prestado em fase anterior do processo.

A acusação do Ministério Público refere que os abusos sexuais se iniciaram quando a menina tinha 10 anos e só terminaram cinco anos depois, em Novembro de 2011, altura em que a vítima resolveu contar na escola o que se estava a passar.

Ainda segundo a acusação, os abusos foram-se tornando cada vez mais frequentes e, nos últimos tempos, ocorreriam com uma frequência quase diária, ora em casa, ora na viatura do arguido.

A mulher do alegado abusador, que tinha horários de trabalho diferentes dos do marido, nunca terá desconfiado dos abusos, o mesmo sucedendo com três irmãos da vítima.

O silêncio da menor face aos abusos seria conseguido através de ameaças, controlo do telemóvel e limitações às amizades com outros menores.

A leitura do acórdão está marcada para as 9h30 no 1.º Juízo do Tribunal de Espinho.

AbusocrimefilhaEspinho
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)