Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

SUSPEITOS DE HOMICÍDIO FICAM EM LIBERDADE

Os alegados responsáveis pela morte por atropelamento de uma mulher no Laranjeiro, Almada, assim como por ferimentos causados na filha, uma garota de seis anos, foram identificados pela PSP de Almada, o que significa que os suspeitos se mantêm em liberdade. A acusação poderá passar por homicídio involuntário.
24 de Setembro de 2004 às 00:00
Os irmãos de Inês Carvalho indignados
Os irmãos de Inês Carvalho indignados FOTO: Carlos Varela
O caso ocorreu no dia 11 na sequência do furto de um veículo ligeiro, um Fiat Punto, no Seixal, efectuado por dois indivíduos, um de 18 e outro de 20 anos.
Aparentemente, entraram na Rua Bento Jesus Caraça em excesso de velocidade e seguiu-se um despiste, após o que veículo embateu em mãe e filha, que seguiam no passeio.
Inês Carvalho, de 22 anos, morreu, enquanto a filha sofreu ferimentos que obrigaram a internamento no Hospital Garcia de Horta. A garota já teve alta, enquanto os dois suspeitos foram identificados pela PSP de Almada. No entanto, o processo está loge de estar concluído, uma vez que a PSP apenas tem a prova testemunhal. A confissão dos indivíduos terá que ser completada com as provas materiais.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)