Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

TAIWAN INDIGNADA COM FOLHETOS ANTI-ABORTO

O Centro Económico e Cultural de Taipé, a representação diplomática da ilha em Portugal, está indignada com a informação relativa ao comércio e consumo de fetos em Taiwan contida nos folhetos da SOS Vida .É "completamente desprovida de verdade e sem qualquer tipo de fundamento" pode ler-se num comunicado divulgado esta terça-feira.
9 de Março de 2004 às 15:25
Os folhetos em causa foram apresentados em várias escolas na semana passada pela associação, liderada pelo padre Jerónimo Gomes.
Do mesmo folheto constava uma imagem de um oriental sentado à mesa e alegadamente a comer um feto, porque se escrevia no panfleto que "no hospital de Taiwan até se compram bebés mortos a 50/70 dólares para churrasco!!!".
O Centro Económico e Cultural de Taipé esclarece que a fotografia, intitulada "Man-eater", é parte de um trabalho realizado por um artista plástico de Shangai chamado Zhu Yu. O artista terá feito em 2000 "uma exposição de um trabalho, na China, que constava de umas fotografias em que o próprio se preparava para comer um feto humano".
"Neste momento estas imagens estão a ser usadas de uma forma incorrecta por esta associação para a sua campanha anti-aborto", conclui o comunicado.
Entretanto o representante de Taiwan em Portugal exige um pedido de desculpas por parte do movimento SOS Vida, além de uma declaração por parte do Governo português
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)