Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

TAXISTA TRAVA CASAL DE LADRÕES

"Vi a morte à minha frente, mas jurei a mim mesmo que ia arranjar forças para não os deixar fazer o que queriam. Eles vinham para me matar", conta Valente Parreira, um taxista de Ovar que foi esfaqueado por um casal de toxicodependentes, ao início da noite de segunda-feira, numa estrada secundária em Pigeiros, Santa Maria da Feira.
25 de Junho de 2003 às 00:00
Os dois agressores, de 28 e 31 anos, foram detidos e entregues à GNR minutos depois da agressão ao taxista, com a ajuda de um motociclista que passava no local. O motorista – que chegou a disparar dois tiros para o ar – ainda sofreu vários ferimentos ligeiros e teve de receber tratamento hospitalar.
Tal como conta Valente Parreira, os dois marginais pediram-lhe, cerca das 20h00, que os conduzisse a um ‘stand’ de automóveis na Malaposta, junto à Nacional 1, e, "como o estabelecimento estava fechado, disseram que afinal queriam ir à casa do proprietário, em Pigeiros, porque iam comprar uma carrinha".
Para o taxista tudo indicava que aquela seria "uma viagem normal", até ao momento em que o casal pediu que os levasse para um local isolado. "Aí dei-me conta que eles me queriam fazer mal, talvez roubar, e vi um a puxar uma navalha", adianta Valente Parreira.
E terá sido nessa altura que a mulher saiu do carro e, através da janela, agarrou no pescoço do taxista. "Mas antes ainda consegui segurar a mão dele, que tinha a navalha, e evitei que me cortasse ainda mais", conta.
Com trinta anos de profissão, este taxista de 64 anos diz que não ganhou para o susto: "Nunca me tinha acontecido uma coisa destas". Segundo Valente Parreira, a chegada do motociclista "foi a salvação", isto porque assustou o casal e permitiu-lhe chegar a uma arma que tinha guardada no porta-luvas.
Quando os dois agressores fugiram para o exterior, ainda se envolveram numa luta com o taxista e o condutor da motorizada, atirando-lhes com uma pedra. "Aí não hesitei e disparei os tiros para o ar", recorda Valente Parreira.
Com o auxílio de mais dois indivíduos que passaram no local, o casal foi amarrado até à chegada da GNR.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)