"Temos bombeiros que já estão a passar fome” diz comandante dos Bombeiros de Constância

Voluntários estão sem dinheiro e não pagaram nem o salário de janeiro nem o 13º mês.
Por Isabel Jordão|10.02.19
Os Bombeiros Voluntários de Constância estão a viver uma "crise muito difícil", com salários em atraso e famílias de bombeiros sem dinheiro para comprarem comida. Também não há dinheiro para pagar o combustível e a partir de amanhã as viaturas poderão ficar paradas no quartel. Em causa está uma dívida de 395 mil euros de vários hospitais, relativa ao transporte de doentes não urgentes.

"Eu quando digo que temos bombeiros que já estão a passar fome, essa é uma realidade, porque não têm dinheiro para a alimentação. Ninguém sobrevive sem se alimentar e esta é uma situação que me preocupa e devia preocupar as entidades deste País", disse este sábado ao CM Adelino Gomes, comandante dos Bombeiros Voluntários de Constância, adiantando que não foi pago o 13º mês nem o ordenado de janeiro.

Em combustíveis, acumularam 15 mil euros e não têm crédito para atestar as viaturas. "A partir de segunda-feira, quando acabar o combustível que está nos depósitos, as viaturas vão parqueando e não voltam a sair", afirmou Adelino Gomes, explicando que "há hospitais que não pagam os serviços desde junho".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!