Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Tenente-coronel trafica armas de guerra

Usava loja de caça e pesca como fachada para venda ilegal. Tinha pistola-metralhadora.
7 de Junho de 2014 às 17:23
Entre as dezenas de armas apreendidas ao tenente-coronel está uma pistola-metralhadora
Entre as dezenas de armas apreendidas ao tenente-coronel está uma pistola-metralhadora FOTO: DR

A fachada do negócio era uma loja de venda de artigos de caça e pesca, situada nas imediações de Abrantes.

Herdado de um familiar, o estabelecimento era usado pelo tenente-coronel da Força Aérea reformado – que acabou preso anteontem pela PSP – para ocultar um lucrativo negócio de tráfico ilegal de armas de guerra.Foi apanhado com uma pistola-metralhadora Tokarev, quatro pistolas transformadas, uma pistola 7,65 mm, 14 caçadeiras, mais duas espingardas, dois revólveres, quatro armas de ar comprimido, 42 mil munições de diversos calibres, oito facas, duas bestas, 27 flechas, três sprays e miras telescópicas, sovaqueiras, coldres e carregadores.

A loja, em Alferrarede Velha, estava aberta há 10 anos sem licenciamento para a venda de armas. À localidade acorriam clientes de todo o País. "Normalmente as armas chegavam-lhe às mãos por via de quem se queria desfazer delas", disse ao CM o intendente Pedro Moura, diretor do Departamento de Armas e Explosivos da PSP.

A investigação foi iniciada em novembro do ano passado, após uma fiscalização ao estabelecimento. Ontem, nas três buscas domiciliárias, a PSP apreendeu mais de 300 declarações de vendas de armas, "que depois não deram origem ao necessário livrete".

Tenente-coronel armas arsenal venda pistola metralhadora Abrantes PSP
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)