Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

“Tenho muito frio e fome”

Para o pequeno Pedro Miguel, de cinco anos, os cães são mesmo os melhores amigos. Dois cachorros, a ‘Violeta’ e o ‘Sevilha’, foram a sua grande companhia nas 15 horas em que andou perdido. Afastou-se de casa, em Pegões, às 19h00 de terça-feira, e foi encontrado às 10h00 do dia seguinte, a 1,5 km de distância, junto a uma outra casa.
16 de Outubro de 2009 às 00:30
O pai de Pedro Miguel garante que ele é bem tratado
O pai de Pedro Miguel garante que ele é bem tratado FOTO: Manuel Moreira

Também nessa altura foi um cão que o salvou. “O meu cão começou a ladrar e fui ver o que se passava. Vi um menino de pé, com dois cães, junto a umas cepas. A primeira coisa que me disse foi que tinha muito frio e fome. Dei-lhe um sumo e uma sandes”, relatou ao CM Teodora, de 72 anos, que encontrou a criança. “Disse que dormiu debaixo de uma árvore.”

Teodora já sabia que andavam à procura do menino. “O padeiro, às sete da manhã, disse que andavam à procura de uma criança. Quando vi o menino até chorei. Depois a GNR e os bombeiros vieram buscá-lo.”

Durante a noite, populares, militares e bombeiros andaram à procura do menino. “Ficámos assustados, mas, felizmente, conseguimos encontrá-lo”, contou o pai, João de Elvira. “Agora querem tirar-me o filho e não sei porquê. Ele é bem tratado, foi uma distracção.”

O menino e um outro irmão regressaram há pouco ao seio de familiar, depois de três anos numa instituição. Na altura, a família vivia numa caravana. Uma assistente social segue o caso e a criança encontra-se no Hospital do Barreiro.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)