Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Tenta matar pais com um martelo em Paredes

Doente esquizofrénico atacou os familiares à martelada, na cozinha de casa. José Luís Ribeiro e a mulher têm medo e pedem o internamento compulsivo.
29 de Setembro de 2013 às 01:00
José Luís Ribeiro temeu pela vida quando foi atacado pelo filho na cozinha de casa
José Luís Ribeiro temeu pela vida quando foi atacado pelo filho na cozinha de casa FOTO: Roberto Bessa Moreira

Um homem de 41 anos tentou, anteontem à noite, matar os pais com um martelo, em Baltar, Paredes. Com esquizofrenia diagnosticada desde os 12 anos, Luís Ribeiro atingiu, por várias vezes, o pai, de 68 anos, na cabeça. Também a mãe, de 65, foi suturada no hospital. O único a escapar ileso foi um neto das vítimas e sobrinho do agressor, de apenas cinco anos, que estava no quarto na altura do ataque.

José Luís Ribeiro e Amélia Sousa temem que o filho - entretanto levado ao Hospital São João, no Porto, e posteriormente transferido para o Magalhães Lemos, unidade de psiquiatria - regresse a casa e volte a atacá-los. Pedem, por isso, o internamento compulsivo.

"Ele só dizia que nos ia matar", recorda José Luís Ribeiro. Visivelmente abalado, conta que estava sentado na cozinha quando, pelas 21h20, foi agredido pelo filho, que também mora na residência. "Não houve discussão. Eu só vi o martelo no ar", diz José Luís, que foi atacado várias vezes na cabeça até ser socorrido pela esposa. "A minha mulher pôs-se no meio e também foi atingida."

Depois de minutos de pânico, o doente esquizofrénico refugiou-se no quarto, permitindo que os pais saíssem pelas traseiras de casa: "Fomos buscar o nosso neto e fugimos."

Ontem, José Luís Ribeiro estava convencido que escapou por pouco à morte. "Se eu perco os sentidos, ele mata-nos", garante. Acredita que o filho planeou o ataque, pois foi comprar o martelo utilizado na agressão durante a semana. A GNR e a PJ foram chamadas.

Doente esquizofrenia família martelo Paredes José Luís Ribeiro
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)