Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

“Tentei fugir para não morrer”: Romena relata tentativa de homicídio de que foi alvo

Empresário luso, de 60 anos, acusado de ter tentado matar a mulher, uma modelo romena, de 29 anos.
Correio da Manhã 29 de Janeiro de 2020 às 01:30
Carlos Inácio tentou matar a mulher
Carlos Inácio tentou matar a mulher FOTO: Direitos Reservados

Começou esta terça-feira a repetição do julgamento de Carlos Inácio Pinto, acusado de ter tentado matar a mulher com um maço de calceteiro, num hotel em Vigo, em 2016. Tanto o empresário luso, de 60 anos, como a modelo romena, de 29, falaram.

Carlos Inácio alega que foi inicialmente agredido pela companheira. Já Eliza Pinto contou que estava a tomar banho quando o marido a golpeou na cabeça.

"Só pensava em fugir para não morrer", referiu ao Tribunal de Pontevedra. O arguido tinha sido condenado a mais de 11 anos de prisão, mas uma instância de recurso mandou repetir o julgamento.

Carlos Inácio Pinto Vigo crime lei e justiça
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)