Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Tentou subornar GNR com 90 euros

Quando viu que o resultado do teste de alcoolemia ia acabar em multa, um condutor tirou 90 euros em notas da carteira e ofereceu-os ao militar da GNR que o estava a fiscalizar na estrada. A tentativa de suborno aconteceu anteontem à noite, na zona da Penina, em Portimão, e acabou em detenção.
6 de Abril de 2010 às 00:30
Condutor acusou 0,75 g/l de álcool no sangue e tentou oferecer 90 euros para que militar fechasse os olhos
Condutor acusou 0,75 g/l de álcool no sangue e tentou oferecer 90 euros para que militar fechasse os olhos FOTO: Nuno Jorge

O homem, ao que o CM apurou, tem 49 anos e reside na zona de Albufeira. Conduzia com uma taxa de álcool no sangue de 0,75 g/l quando foi interceptado na estrada durante uma operação de fiscalização de trânsito.

Face à contra-ordenação, uma vez que a taxa limite por lei é 0,5 g/l, foi multado em 250 euros. Mas, pelo meio, arriscou colocar dinheiro nas mãos do militar. Segundo fonte da GNR, o condutor "foi avisado várias vezes para a gravidade da sua intenção" e que estava a cometer um crime de corrupção activa. Os sucessivos avisos dos militares não foram suficientes para o fazer desistir da ideia. O indivíduo insistiu na tentativa de suborno, até que os militares lhe deram ordem de detenção.

Foi constituído arguido e notificado para comparecer ontem no Tribunal de Portimão, onde decorreu o julgamento sumário. Ao que o CM apurou junto de fonte judicial, a leitura da sentença foi marcada para o próximo dia 14. O condutor arrisca uma condenação que pode ir da multa até à pena de prisão.

No decorrer da operação de fiscalização nessa madrugada, a GNR deteve ainda em todo o Algarve sete condutores portugueses e um britânico, com idades entre os 29 e os 64 anos, todos por condução sob influência de álcool. Na madrugada de ontem, um homem foi detido em Loulé por posse de droga.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)