Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

TERROR DAS MORADIAS DETIDO

O indivíduo suspeito de há mais de três meses aterrorizar os proprietários de moradias em Sintra e Mafra, devido aos assaltos que praticava, foi apanhado pelos militares do posto territorial de Sintra da GNR e, presente a tribunal, vai aguardar julgamento detido, soube o Correio da Manhã.
11 de Novembro de 2002 às 00:03
O detido, de 35 anos, terá sido autor de dezenas de assaltos a moradias, realizados nos últimos três meses, de onde furtava roupa, bebidas, electrodomésticos, aparelhagens, vídeos e armas.
O material era depois vendido na Feira da Ladra e, com o dinheiro conseguido, o indivíduo comprava droga, uma vez que é toxicodependente.

Segundo fontes policiais, o suspeito tinha antecedentes, pois já esteve preso também por assalto. Cumprida a pena, foi libertado, em Maio, e pouco tempo depois, ao que tudo indica, reincidiu nos assaltos.
Agora aguarda julgamento no Estabelecimento Prisional de Caxias.

A sua detenção foi o culminar de investigações realizadas pelos militares do posto territorial de Sintra, que contaram com a colaboração de sete elementos do Núcleo de Apoio Técnico. Foram estes que recolheram os vestígios necessários a referenciá-lo e, posteriormente, proceder à sua detenção.
Quando o apanharam, na Damaia, os militares também conseguiram apreender algum do material roubado que foi devolvido às vítimas, proprietárias das casas assaltadas.

Refira-se que só num dos assaltos, o indivíduo roubou objectos no valor de 25 mil euros.

Outros dados

MORADIAS

Os assaltos registaram-se nos concelhos de Sintra e Mafra. Os alvos eram moradias de fim--de-semana, localizadas em zonas como Morelinho, Terrugem, Várzea de Sintra, S. João das Lampas e Ericeira.

EMBRULHOS

Dentro das casas, o indivíduo escolhia o material a roubar e empacotava-o. Quando fugia levada alguns objectos, mas a maioria ficava nos embrulhos que mais tarde ia buscar, suspeita-se, na companhia de outros como ele.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)