Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Teste de álcool acaba aos tiros

Condutor recusou soprar o ‘balão’ e atirou guarda ao chão. Fugiu apesar dos tiros da GNR.
28 de Agosto de 2013 às 01:00

Uma patrulha da GNR viveu momentos de aflição quando tentou submeter um emigrante em França ao teste do álcool. O homem reagiu com violência, recusou efetuar o teste, arrancando com o carro na direção de um dos militares, que fez vários disparos para o ar para tentar parar o condutor, mas sem sucesso.

Durante uma operação de fiscalização de trânsito, cerca das 02h00 de ontem, na estrada de Vale Estêvão, em Mogofores, concelho de Anadia, a patrulha mandou parar o carro do emigrante para ação de rotina. No entanto, quando os guardas pediram ao condutor para efetuar o teste do álcool, o homem tornou-se agressivo e recusou soprar o ‘balão’. Injuriou, ameaçou e tentou agredir os militares. Recebeu ordem de detenção, mas não se intimidou e avançou para o carro.

Um dos guardas tentou impedi-lo mas foi empurrado e quando se aproximou do carro o condutor atingiu-o com a porta, atirando-o ao chão.

O militar conseguiu levantar se e colocou-se à frente do carro para tentar impedir que o emigrante arrancasse, mas o homem não se intimidou e avançou na direção do GNR que teve de saltar para o lado para não ser atingido pelo automóvel.

Numa última tentativa para tentar parar o condutor, o militar da GNR de Anadia sacou da arma e efetuou três disparos para o ar. O emigrante não se amedrontou e prosseguiu a fuga. Foi dado o alerta para todo o dispositivo da guarda para tentar intercetar o fugitivo, sem sucesso.

Segundo fonte da GNR o carro está identificado e agora o processo segue para o Ministério Público para inquérito. O emigrante incorre nos crimes de desobediência, injúrias e coação sobre funcionário e poderá ser ainda indiciado por tentativa de atropelamento.

teste álcool tiros atropelamento GNR
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)