Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Testemunha que iliba Eduardo Cabrita de acidente mortal na A6 não seguia no carro

Ministério Público aponta para a presença de cinco pessoas dentro do carro, quando na realidade apenas seguiam quatro.
Correio da Manhã 6 de Dezembro de 2021 às 10:34
A carregar o vídeo ...
Testemunha que iliba Eduardo Cabrita de acidente mortal na A6 não seguia no carro

A testemunha que iliba o ex-ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, do caso do atropelamento de um trabalhador na A6, não seguia afinal no carro. 

O agente do Corpo de Segurança Pessoal, Rogério Meleiro, seguia noutro carro da comitiva, apesar da acusação afirmar que estava no carro do ministro, avança o jornal Inevitável. Sem o elemento da segurança pessoal no automóvel, era Eduardo Cabrita quem dava ordens dentro do carro.

A testemunha afirmou que o ex-ministro não deu indicações ao motorista, uma afirmação que terá feito sem sequer seguir na viatura. A acusação do Ministério Público aponta para a presença de cinco pessoas dentro do carro, quando na realidade apenas seguiam quatro.

Recorde-se que o motorista de Eduardo Cabrita foi acusado pelo Ministério Público de homicídio por negligência de Nuno Santos, de 43 anos. O homem atravessava a A6, a 18 de junho, quando foi colhido pelo automóvel onde seguia Eduardo Cabrita, em velocidade excessiva . Teve morte quase imediata.

Eduardo Cabrita A6 economia negócios e finanças indústria metalomecânica e engenharia
Ver comentários