Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

“Teve sempre a faca encostada ao pescoço”

Uma mulher de 62 anos foi assaltada, ontem à tarde, em Soutelo, Vila Verde, por um homem encapuzado e armado com uma faca, que a obrigou a entregar todo o ouro e dinheiro que tinha em casa. Isabel Gonçalves foi assistida no Hospital de Braga, em estado de choque.

24 de Março de 2011 às 00:30
A mulher estava sozinha em casa
A mulher estava sozinha em casa FOTO: Fátima Vilaça

"Quando a minha mãe se apercebeu do assaltante, já tinha a faca encostada ao pescoço", contou ao CM o filho de Isabel.

Ao que o CM apurou, o assaltante, com cerca de 30 anos, tocou à campainha a perguntar se "o José" estava em casa. Através do vídeoporteiro, Isabel terá dito que não vivia ali nenhum José e o homem terá ido embora. A mulher regressou às lides domésticas e, sem que se apercebesse, o assaltante saltou o muro da casa e entrou pela porta da cozinha, então destrancada.

"Sempre com a faca apontada ao pescoço, andou com ela pela casa a recolher o ouro que havia", referiu o filho Pedro. O ladrão, que fugiu de imediato, levou, além do ouro, dinheiro e um telemóvel.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)