Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

TÊXTIL LAMEIRINHO NEGA POLUIÇÃO

A Lameirinho Indústria Têxtil nega o lançamento directo dos seus efluentes na água garantindo que cumpre "escrupulosamente" a legislação em vigor, apesar de um relatório da Comissão Europeia divulgado há dois dias a apontar como uma das principais poluidoras.
10 de Outubro de 2004 às 00:00
Descargas poluem água
Descargas poluem água
Segundo o Registo Europeu de Emissões Poluentes (EPER) referentes a 2001, a Lameirinho e a Companhia Industrial Produtora de Antibióticos - CIPAN - são responsáveis por 35,7 por cento do total de emissões para a água do total de 62 unidades que admitiram efectuar descargas de hidrocarbonetos policíclicos.
"Os efluentes da Lameirinho não são directamente lançados na água, uma vez que, já em 1997, a administração da empresa decidiu ser a primeira empresa a aderir ao Sistema de Despoluição do Vale do Ave (SIDVA) pelo que todo o seu efluente líquido é tratado ininterruptamente", sublinhou a empresa, em comunicado. Entre os 15 Estados-membros analisados, a que acresce a Noruega e Hungria, Portugal é o quinto país com as unidades industriais mais poluentes.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)