Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Tiros em assalto à bomba a ATM

Explosão falhada levou a disparos do gang à porta de colégio.
Miguel Curado 24 de Setembro de 2016 às 13:17
Caixa Multibanco do Colégio Vasco da Gama foi atacada durante a noite
Caixa Multibanco do Colégio Vasco da Gama foi atacada durante a noite FOTO: Pedro Simões
Os quatro assaltantes encapuzados pararam ontem de madrugada o carro junto ao Colégio Vasco da Gama, em Meleças, Sintra, e atacaram em contrarrelógio.

Colaram explosivos de natureza ainda desconhecida na caixa multibanco do estabelecimento de ensino e, com recurso a fios elétricos, tentaram fazer explodir o ATM. Sem sucesso – o que levou o gang armado a disparar contra o multibanco.

Apesar de serem 04h30, alguns moradores na avenida Dr. António Nabais, em Meleças, aperceberam-se da ação do gang de assaltantes. Ao fim de cerca de cinco minutos no local, os quatro homens fugiram de carro sem nada roubar.

A PSP acabaria por ser chamada só pelas 07h50, quando os primeiros funcionários do Colégio Vasco da Gama chegaram ao local para mais um dia de atividades letivas. Inácio Casinhas, diretor do estabelecimento de ensino, contou ao CM que os seus funcionários lhe relataram "ter visto o multibanco com pelo menos duas perfurações, aparentemente causadas pelos disparos". Além disso, a caixa multibanco tinha ainda agarrado um pedaço de explosivo, do qual pendiam dois fios elétricos parcialmente queimados.

Uma patrulha da PSP de Mira-Sintra foi a primeira a chegar e chamou de imediato os colegas da inativação de explosivos da Unidade Especial da PSP. Inácio Casinhas diz que a atividade policial, que se estendeu no local do crime até às 12h45, "não afetou a atividade letiva". O explosivo encontrado foi levado pela Polícia Judiciária para análise.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)