Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Tirou as algemas e escapou à PSP

Um brasileiro de 26 anos, evadido da cadeia do Linhó, conseguiu anteontem livrar-se das algemas e escapar a dois agentes da PSP, junto à esquadra de Carcavelos, Cascais. No momento da fuga, o recluso estava a ser encaminhado para um carro celular que o iria fazer regressar à cadeia.
26 de Março de 2007 às 00:00
Fonte da Direcção Geral dos Serviços Prisionais disse ao CM que o recluso em causa fugiu do Estabelecimento Prisional do Linhó a 8 de Janeiro deste ano. “Estava a cumprir uma pena de cinco anos e dois meses por roubo”, referiu o informador.
Após quase três meses incógnito, o brasileiro voltou a ser visto pelas 03h00 de sábado. Uma brigada da Esquadra de Investigação Criminal (EIC) da PSP de Cascais detectou-o a tentar assaltar um estabelecimento comercial no Bairro do Fim do Mundo, no Estoril.
Feita uma primeira revista, constatou-se que o indivíduo não tinha documentação, tendo de imediato sido levado para a esquadra de Carcavelos. Através do piquete da Polícia Judiciária, os agentes constataram que o indivíduo estaria evadido da cadeia do Linhó.
Um juíz do tribunal de Cascais determinou a recondução do indivíduo à cadeia do Linhó. Os Serviços Prisionais foram informados, e enviaram uma carrinha celular à esquadra de Carcavelos. Mas, já na rua, o recluso livrou-se das algemas, e escapou à guarda de dois agentes da EIC de Cascais, para fugir em direcção à zona da Boca do Inferno. À hora de fecho desta edição ainda não tinha sido recapturado.
"ELE ATÉ SALTOU OS MUROS"
Os dois agentes da Esquadra de Investigação Criminal (EIC) da PSP de Cascais ficaram surpreendidos com a reacção do detido. “Ainda ninguém conseguiu perceber como foi que ele conseguiu libertar-se das algemas e, em plena rua, desatar a correr”, disse ao CM fonte policial. Assim que se apanhou em liberdade, o recluso brasileiro correu o mais que pôde.
“Ele até saltou os muros todos que encontrou pela frente. Correu em direcção à Boca do Inferno, e saiu da vista dos agentes que o perseguiam”, acrescentou o mesmo informador. Desde as 11h00 de sábado que todo o efectivo disponível da PSP de Cascais anda, “numa roda viva”, atrás do fugitivo. “Até já se pediu ajuda a outras polícias. Ele há-de ser recapturado”, concluiu a fonte.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)