Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

“Tive os ladrões olhos nos olhos”

Depois de investigação exaustiva aos potenciais alvos na povoação de Alvide, freguesia de Alcabideche, Cascais, os três assaltantes armados, dois homens e uma mulher, não tiveram dúvidas. A papelaria Rui ia ser roubada ao fim do dia. "Estava aqui sozinho, quando vi os dois bandidos a entrar. Disseram-me para abrir a caixa e que se resistisse não escapava e levava com a arma", recorda ao CM o proprietário, Rui Sá Lopes.
13 de Maio de 2009 às 00:30
Rui Sá Lopes nunca antes tinha sido assaltado, apesar de já ter a papelaria há 36 anos
Rui Sá Lopes nunca antes tinha sido assaltado, apesar de já ter a papelaria há 36 anos FOTO: João Cortesão

O violento ataque deu-se por volta das 19h00 de anteontem. Apenas dois homens irromperam pelo estabelecimento armados com um revólver e não se pouparam em ameaças de morte ao proprietário. A mulher terá ficado a aguardar no carro.

"Olhei os ladrões olhos nos olhos e ainda tentei fazer tempo com a esperança de que alguém chegasse e me ajudasse a evitar o assalto, mas por azar ninguém chegou", lamenta o homem de 67 anos. Completamente só, Rui não teve escapatória. Entregou os mil e seiscentos euros que tinha na papelaria e viu os dois ladrões a escapar.

"Fiquei desolado e com a sensação de que ando a trabalhar para os ladrões. Em 36 anos foi a primeira vez que fui assaltado, mas garanto que para a próxima não me apanham desarmado", desabafa a vítima do ataque.

Antes disso, o trio tentou roubar uma ourivesaria, mas não conseguiu. A PJ de Lisboa está a investigar os dois casos.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)