Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Tocam sineta e atacam idosos

Vítimas foram agredidas e ameaçadas com caçadeira por dupla.
Nelson Rodrigues e Secundino Cunha 17 de Dezembro de 2016 às 17:29
A carregar o vídeo ...
casal de idosos
Ao ouvir o som da sineta que serve de campainha, o casal de idosos, ambos de 81 anos, abriu a porta, pensando que era um dos filhos que o tinha ido visitar, na madrugada de ontem, em Avidos, Vila Nova de Famalicão. Foram surpreendidos por dois homens encapuzados e armados com uma caçadeira, que os ameaçaram de morte e obrigaram a abrir o cofre. Antes da fugirem com 300 euros em dinheiro e um fio de ouro, a dupla espancou as duas vítimas.

O ataque durou pouco mais de dez minutos. "Eles entraram na casa de cara tapada e já sabiam ao que iam. Disseram que queriam ir ao quarto para que fosse aberto o cofre. Eles sabiam tudo", contou ao CM a nora do casal de idosos - um antigo funcionário do Tribunal de Famalicão e uma professora primária.

As duas vítimas sofreram ferimentos no rosto, provocados pelos murros desferidos pela dupla de assaltantes. "Eles ficaram com a cara toda pisada. Ainda estão muito assustados com esta situação", descreveu a nora, referindo que os mesmos foram socorridos pelos bombeiros. Ontem de manhã, as vítimas deslocaram-se ao Gabinete Médico-Legal de Braga, onde realizaram vários exames, que confirmaram as agressões.

Após o crime, a dupla fugiu a pé em direção à EN204, que liga Santo Tirso e Vila Nova de Famalicão - e onde estaria uma viatura à sua espera.

O caso foi comunicado à GNR, mas a investigação passou para a Judiciária do Porto, que já esteve na casa a recolher vestígios.
Avidos Vila Nova de Famalicão funcionário do Tribunal de Famalicão Gabinete Braga GNR Porto polícia crime
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)