Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Todo o território de Portugal Continental vai passar para alerta vermelho, revela Proteção Civil

"Esta é uma situação inédita", afirma o comandante da Proteção Civil.
13 de Julho de 2022 às 19:23
Bombeiros durante o combate ao incêndio que lavra na freguesia da Boa Vista, Leiria, 12 de julho de 2022. O incêndio que deflagrou hoje na freguesia da Caranguejeira, no concelho de Leiria, obrigou ao corte da autoestrada 1 em ambos os sentidos
Bombeiros durante o combate ao incêndio que lavra na freguesia da Boa Vista, Leiria, 12 de julho de 2022. O incêndio que deflagrou hoje na freguesia da Caranguejeira, no concelho de Leiria, obrigou ao corte da autoestrada 1 em ambos os sentidos FOTO: Paulo Cunha / Lusa
O comandante da Proteção Civil André Fernandes, fez na tarde desta quarta-feira um balanço sobre os incêndios que estão a afetar o território português. 

Até às 19h00 foram registados 171 ocorrências, sendo que 27 ainda estão ativos e a ser combatidos por 2654 operacionais, com 793 veículos e 30 meios aéreos. 

Em específico, e segundo os dados da Proteção Civil, existem quatro grandes incêndios em Pombal com 450 bombeiros; Leiria com 317 operacionais; Faro com 324 bombeiros e Palmela com 460 operacionais a combater as chamas.  

Desde o dia 8 de julho, foram registados 813 incêndios em Portugal, referiu André Fernandes, acrescentando que os fogos foram combatidos por cerca de 26 mil operacionais, apoiados por 6 917 veículos de combate. 

O período entre as 12h e as 17h é onde se regista o maior número de ocorrências, avança o comandante. 

"Todo o território vai passar para alerta vermelho e isto nunca aconteceu", afirma, salientando ainda que é uma situação "grave". 

"Esta é uma situação inédita", finalizou. 
Proteção Civil questões sociais
Ver comentários