Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Todos arrependidos

Os elementos do ‘Gang das Picaretas’ dizem-se arrependidos. Ontem, no final do julgamento no Tribunal de Guimarães, fizeram até questão de pedir desculpa às vítimas, ainda que tenham apenas admitido a participação numa tentativa de assalto a uma carrinha de valores no IP4. Pediram uma oportunidade para refazerem as suas vidas. O acórdão será lido a 18 de Março.

18 de Fevereiro de 2009 às 00:30
Seis dos elementos do ‘Gang das Picaretas’ estão em prisão preventiva
Seis dos elementos do ‘Gang das Picaretas’ estão em prisão preventiva FOTO: Sérgio Freitas

"Foram momentos muito difíceis por que passei nestes últimos tempos", assegurou Alberto Fonseca, apontado como cabecilha de um grupo acusado de 14 assaltos a carrinhas de valores e de tabaco e carjackings, perpetrados na região Norte entre 2006 e Junho de 2007, quando foi detido pela PJ do Porto, após assalto falhado no IP4, em que usaram uma picareta e uma marreta, para além de armas.

O procurador pediu 16 anos de prisão para Alberto, 12 anos de prisão para Isamberto e Pimenta, e oito anos para Hernâni. Os advogados de Defesa alegaram a falta de provas e contestaram o tratamento dado pelo Ministério Público aos arrependidos Filipe e António, para os quais foi pedida pena suspensa por cinco crimes. No grupo inclui-se Hélder, um sucateiro acusado de receptação.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)