Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Torres Vedras pede ajuda internacional ao Governo por "situação potencialmente catastrófica"

Hospital do concelho pede reforço de cinco médicos e dez enfermeiros.
Correio da Manhã 26 de Janeiro de 2021 às 14:05
A carregar o vídeo ...
"Atingimos o limite da capacidade humana": Autarca de Torres Vedras pede ao Governo que ative ajuda internacional
O agravamento de casos em Torres Vedras levou esta terça-feira o presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, Carlos Bernardes, a pedir ao Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros que ative a ajuda internacional de modo a reforçar com recursos humanos o Hospital de Torres Vedras com cinco médicos e dez enfermeiros.

O Hospital está numa "situação difícil", avança o comunicado enviado pela autarquia, que foi agravada pela redução de capacidade de resposta dos restantes hospitais do País. 

A autarquia garante "transporte, alimentação, estadia e remuneração por um período de 15 dias" a profissionais de saúde que se disponibilizem para ajudar e alerta que, sem este reforço, o hospital corre o risco de ter de enfrentar uma "situação potencialmente catastrófica". 

Recorde-se que Portugal tem batido recordes de internamentos nos últimos dias, situação que, alertou a ministra da saúde, não tenderá a melhorar nos próximos dias. 

Em Torres Vedras havia à data de domingo, dia 24, 1364 casos ativos de infeção por SARS-CoV-2. A somar à situação, há um surto ativo no Hospital de Torres Vedras que registava, na mesma data, 108 casos e 24 mortes.
Ver comentários