Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Traficante blinda portas de casa e monta sistema de vigilância policial para montar nova rede de tráfico de droga

Homem estava desde maio em liberdade condicional.
Miguel Curado 29 de Novembro de 2022 às 08:39
Tinha mais de 10 mil doses de cocaína, heroína, haxixe e liamba
Tinha mais de 10 mil doses de cocaína, heroína, haxixe e liamba FOTO: PSP
Um homem, saído da prisão em maio em liberdade condicional, de uma pena por tráfico de droga, regressou ao Bairro da Mouraria, em Lisboa, para constituir nova rede de venda de estupefacientes. Utilizou a mesma casa que usou no processo que o levou à cadeia, só que desta vez instalou duas portas blindadas, e montou um dispositivo de vigilância da presença policial. O suspeito, com cerca de 40 anos, é um dos donos da habitação, que dispõe de um anexo.

Com o apoio da mulher e de dois homens, voltou a reerguer o negócio, numa das ruas centrais da Mouraria. Com vigias, em permanência, nos dois pontos de acesso à rua, a rede vendia todo o tipo de drogas.

Já com prova suficiente para as detenções, agentes da 1ª Esquadra de Investigação Criminal da PSP de Lisboa avançaram a 22 e 23 de novembro para cumprir 8 mandados de busca. Foram presas 13 pessoas (10 homens e 3 mulheres), entre os 23 e os 76 anos.

Além dos quatro cabecilhas, foram apanhados os operacionais que faziam a vigilância. Foram apreendidas mais de 10 mil doses de cocaína, heroína, haxixe e liamba, 7652 euros, e 10 armas. Dois detidos ficam na cadeia e os restantes em liberdade. A PSP recorda que, nos últimos três anos, prendeu 96 pessoas na Mouraria por tráfico de droga. Destas, 24 foram, até agora, condenadas a prisão efetiva. 

Bairro da Mouraria Lisboa PSP
Ver comentários
C-Studio