Transportadoras rodoviárias em situação "limite" por falta de combustível

ANTROP espera que o problema "fique resolvido rapidamente, senão vamos ter situações no curto prazo muito complicadas".
Por Lusa|16.04.19

A empresas de transportes rodoviários estão "já nos limites" devido à falta de combustível motivada pela greve dos motoristas de matérias perigosas, disse à agência Lusa o presidente da Associação Nacional de Transportadores Rodoviários de Pesados de Passageiros (ANTROP).

Luís Cabaço Martins fez o ponto de situação com as associadas nesta segunda-feira, primeiro dia da greve, e concluiu que as empresas estão "já nos limites", sendo que "alguns operadores não estão a ser reabastecidos". "Já havia recusas de abastecimentos por parte das petrolíferas e agora é uma questão de se esgotarem as reservas", referiu o líder associativo.

A ANTROP espera que o problema "fique resolvido rapidamente, senão vamos ter situações no curto prazo muito complicadas", disse Cabaço Martins, que reforçou que espera que a questão seja solucionada "entre hoje e amanhã [quarta-feira], porque de outra forma começamos seguramente a ter problemas na circulação".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!