Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Travada farmácia ilegal sobre rodas

A Inspecção-Geral das Actividades Económicas (IGAE) detectou na semana passada, em Braga, um indivíduo que se dedicava à venda ilegal de medicamentos, a partir da sua viatura, tendo por clientela ‘preferencial’ pessoas ligadas ao negócio da prostituição.
29 de Novembro de 2005 às 00:00
O indivíduo detido vendia sobretudo fármacos dirigidos a prostitutas e aos clientes do negócio do sexo
O indivíduo detido vendia sobretudo fármacos dirigidos a prostitutas e aos clientes do negócio do sexo FOTO: Carlos Ferreira
Na operação, que decorreu na sequência de averiguações efectuadas no âmbito de um processo-crime e que contou com a colaboração da PSP, foram apreendidas a viatura, no valor de 35 mil euros e 320 embalagens de analgésicos, antibióticos, calmantes, anti-inflamatórios, pílulas e Viagra.
Segundo a IGAE, a ‘farmácia ambulante’ tinha 32 marcas de medicamentos, a maioria dos quais, como Clamoxil, Bacterin Forte, Furandantina mc 100, Hiperbiótico, Valdispert, Stresstabs, Canesten ou Viagra, sujeitos a prescrição médica.
Mário Silva, o inspector-geral das Actividades Económicas disse ao Correio da Manhã que o indivíduo “estabelecia o contacto com os clientes por telemóvel e fornecia pessoas ligadas ao negócio da prostituição”.
Sem entrar em grandes pormenores, porque o processo está em segredo de justiça, Mário Silva adiantou ao CM que “tudo leva a crer que se trata de uma pessoa com conhecimentos de farmácia e do mercado dos medicamentos”.
De onde vinham os medicamentos que alimentavam o negócio deste homem, é um dos objectivos do inquérito que está agora em curso.
Mário Silva diz que não se sabe há quanto tempo o vendedor se dedicava a esta actividade e, apesar de muito raro, admite que “não seja caso único no País”.
O médico José Gonçalves Oliveira, da direcção do Hospital de S. João de Deus, disse ao CM que, “para além de crime, a venda de medicamentos desta forma é um perigo enorme para a saúde pública”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)