Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Três detidos por resistência à GNR

Dois condutores alcoolizados e um homem que se envolveu em agressões com outro reagiram com violência à intervenção dos militares da Guarda.
27 de Maio de 2013 às 01:00
As detenções dos três suspeitos ocorreram em ações diferentes da GNR na região
As detenções dos três suspeitos ocorreram em ações diferentes da GNR na região FOTO: Sérgio Freitas

Três homens foram detidos, em menos de 24 horas, por resistência e coação a militares da GNR, que os prenderam, em Olhão, Sagres e Algoz. Dois deles eram automobilistas que circulavam muito alcoolizados. O terceiro tinha acabado de agredir outro homem.

Segundo o CM apurou, junto a fonte do Comando da GNR na região, uma das detenções ocorreu anteontem à tarde, em Sagres. O suspeito, de 33 anos, tinha agredido outro, de 36, a murro e a pontapé, num bar da localidade. Ainda ofereceu resistência à detenção, mas foi preso pelos militares da GNR. Quanto à vítima das agressões, que tinha ferimentos na face, foi assistida pelo INEM e transportada ao Hospital de Lagos, onde recebeu tratamento.

Quase à mesma hora, mas em Algoz, a GNR de Silves deteve o condutor de um ligeiro que, depois de se ter envolvido numa colisão com outra viatura, dentro da localidade, fugiu. Acabou por ser intercetado pelos militares, mas resistiu à detenção. Uma vez submetido ao teste do álcool, o suspeito, de 50 anos, acusou a taxa de 2,87 g/l. Apresentava algumas escoriações, "resultantes do acidente", referiu fonte da GNR.

O último caso ocorreu na madrugada de ontem, em Olhão, onde um condutor de 48 anos foi detido por condução sob o efeito do álcool, com a taxa de 1,90 g/l.

Conduzido ao Posto Territorial de Olhão da GNR, pelas 05h30, mostrou-se violento e tentou agredir um dos militares. O homem danificou ainda material informático do posto.

Criminalidade Olhão Sagres Algoz GNR detenção
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)