Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Tribunal bloqueia contas de Rosalina

Um juiz brasileiro decretou a identificação e o bloqueio de todas as contas bancárias existentes no país em nome de Rosalina Ribeiro, a secretária do milionário Tomé Feteira morta em Dezembro passado na região de Saquarema, no Rio de Janeiro.
10 de Outubro de 2010 às 00:30
Rosalina Ribeiro, companheira do milionário Tomé Feteira, foi vista pela última vez neste hotel em Maricá, a cerca de 50 km do Rio de Janeiro
Rosalina Ribeiro, companheira do milionário Tomé Feteira, foi vista pela última vez neste hotel em Maricá, a cerca de 50 km do Rio de Janeiro

O magistrado Carlos Eduardo Iglesias Diniz, num ofício endereçado ao Banco Central do Brasil, determinou que a Divisão de Homicídios do Rio de Janeiro, que investiga a morte da portuguesa, de 74 anos, seja informada de todas as movimentações financeiras efectuadas por Rosalina Ribeiro desde 2000, ano em que o milionário português faleceu.

As autoridades brasileiras suspeitam de que numa das contas de Rosalina estejam ainda 1,3 milhões de euros, segundo dados de recibos bancários encontrados pela polícia carioca num apartamento da companheira de Tomé Feteira, em Flamengo, zona sul do Rio de Janeiro.

Rosalina era co-titular de várias contas bancárias espalhadas pelo mundo do empresário português. Após a morte de Tomé Feteira, Rosalina terá movimentado grande parte desse dinheiro. Olímpia Feteira, filha de Tomé, diz que Rosalina fez uma transferência em 2001, de uma conta na Suíça, no valor superior a cinco milhões de euros. Esse montante, segundo Olímpia, terá ido parar à conta do advogado de Rosalina, o ex-deputado Duarte Lima.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)