Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Tribunal condena assaltantes

O Tribunal de Viseu condenou dois homens a dez e nove anos e meio de cadeia por terem assaltado e sequestrado três prostitutas num apartamento. O caso ocorreu na madrugada de 12 de Março do ano passado e ficou marcado pela morte de um terceiro elemento, baleado por um agente da PSP durante uma troca de tiros.
17 de Março de 2007 às 00:00
Os arguidos, de 27 e 24 anos, estavam indiciados por assalto à mão armada e sequestro. Residentes na zona de Aveiro, estavam em prisão preventiva em Castelo Branco e na Guarda.
Os três homens deslocaram-se a Viseu e tentaram furtar um carro em Marzovelos, mas foram traídos pelo alarme. Depois telefonaram a mulheres ligadas à prostituição e requisitaram os seus serviços. Às 03h40 entraram em casa das mulheres e com ameaça de armas roubaram dois mil euros, ouro e telemóveis. Fecharam--nas na casa de banho e fugiram.
Os ladrões foram interceptados em frente à discoteca ‘Day-after’ e resistiram à polícia. Um deles atirou um agente ao chão, sacou-lhe a arma e apontou-lha à cabeça.
Nessa altura, um outro agente baleou um assaltante nas costas. O ladrão foi levado ao hospital mas morreu. Os outros dois foram detidos. O agente que disparou foi ouvido em julgamento como testemunha.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)