Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Tribunal de Beja condena gang de ladrões

O Tribunal Judicial de Beja condenou ontem a penas de prisão entre um e oito anos seis jovens acusados de vários crimes cometidos na cidade, entre roubo e furto qualificado, absolvendo o sétimo membro do grupo.
29 de Novembro de 2005 às 00:00
Tribunal de Beja durante uma audiência de julgamento do gang
Tribunal de Beja durante uma audiência de julgamento do gang FOTO: Alexandre M. Silva
Os sete elementos do gang, com idades entre os 16 e 28 anos, foram detidos pela PSP de Beja na sequência de uma série de crimes ocorridos na cidade, entre Setembro de 2004 e Janeiro deste ano.
O arguido mais jovem, André V., de 16 anos, foi condenado na pena mais pesada a um cúmulo jurídico de oito anos de prisão por seis crimes de roubo e um crime de furto simples.
O arguido Cláudio M., de 18 anos, foi condenado a um cúmulo jurídico de cinco anos e seis meses de prisão por dois crimes de roubo, um de furto simples, um de injúria agravada, um crime de invasão e um de danos simples.
Um outro arguido de 18 anos, Tiago A., foi condenado a um cúmulo jurídico de quatro anos e três meses de prisão pela prática de quatro crimes, um de roubo e três de furto.
Os irmãos Nuno G., de 18 anos, e Jorge G., de 28, foram condenados, respectivamente, a dois anos e meio e a um ano de prisão, pela prática de dois crimes, um de roubo e outro de detenção ilegal de arma.
O Tribunal de Beja condenou ainda o arguido Paulo R., de 24 anos, a um ano de prisão com pena suspensa por quatro anos, pelo crime de receptação.
O sétimo membro do grupo, o arguido Valdemar G., também de 18 anos, foi absolvido.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)