Tribunal decide levar a julgamento autarca de Gaia por alegada difamação

Em causa estão textos publicados pelo autarca nas redes sociais que alegadamente tinham como alvo o ex-colaborador, demitido um mês antes.
Por Lusa|26.11.17
  • partilhe
  • 1
  • +
Um juiz de Instrução Criminal da Comarca do Porto decidiu levar a julgamento Eduardo Vítor Rodrigues, presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, por alegada difamação ao seu ex-adjunto Bruno Santos.

A decisão, a que a agência Lusa teve este domingo acesso, confirma a acusação deduzida pelo Ministério Público em maio deste ano, tendo o processo começado numa uma queixa-crime apresentada por Bruno Santos, ex-adjunto de Eduardo Vítor Rodrigues.

Em causa estão textos publicados pelo autarca nas redes sociais que alegadamente tinham como alvo o ex-colaborador, demitido um mês antes.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!