Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Tribunal liberta fugitivos à GNR

O Tribunal de Albufeira mandou ontem à tarde em liberdade, com termo de identidade e residência, dois presumíveis assaltantes, de 34 anos, detidos, após perseguição automóvel, pelo Destacamento de Trânsito da GNR. Circulavam num Fiat Punto sem inspecção e, na viatura, foram encontrados objectos de ouro e material usado em assaltos.
21 de Dezembro de 2011 às 01:00
Os dois detidos foram ontem presentes ao Tribunal de Albufeira. Tinham sido detidos após acidente
Os dois detidos foram ontem presentes ao Tribunal de Albufeira. Tinham sido detidos após acidente FOTO: Roberto Pujales

A fuga, iniciada pelas 17h40 de anteontem, na Av. 12 de Julho, em Ferreiras, Albufeira, foi marcada por manobras perigosas a alta velocidade, terminando na colisão frontal do carro com um pesado de mercadorias. Testemunhas referiram que no carro seguiam três indivíduos. Um ficou no local do acidente, ferido, mas os outros dois tentaram fugir a pé. A GNR acabou por capturar um deles, com ajuda de um popular.

"Após revistados, foi encontrada uma Taser [arma proibida] e na viatura havia munições, algumas de calibre de guerra, bem como ferramentas de corte, gazuas e dois gorros passa-montanhas, material normalmente usado para actividades criminosas", informou a Guarda, que suspeita tratar-se de assaltantes. No Fiat, cujo condutor não tinha carta, os militares encontraram ainda "as peças de ourivesaria e um barrete de serviço utilizado pela GNR, estando a apurar-se" como obtiveram "a peça de uniforme", refere a GNR.

O SEF confirmou que sobre um pende um processo de expulsão. Sobre o outro recai um mandado de detenção. Foram notificados para comparecer em tribunal, a 17 de Janeiro, para julgamento em processo sumário.

FERREIRAS ALBUFEIRA FUGITIVOS
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)