Tribunal prende atirador em Fafe

Decretada prisão domiciliária. Vítima luta pela vida.
Por Fátima Vilaça|13.02.18
Vai aguardar julgamento em prisão domiciliária o motorista de 26 anos que, na madrugada de domingo, atingiu a tiro o cliente de uma discoteca, em Fafe. Ricardo Alves vai ficar preso na cadeia de Braga até estarem reunidas as condições para receber a pulseira eletrónica. A decisão foi tomada esta segunda-feira pelo juiz de instrução de Guimarães.

Ricardo Alves saiu das instalações da Polícia Judiciária de rosto tapado. O motorista tinha fugido no domingo de madrugada, depois de ter disparado sobre André Marçal. Acabou detido horas depois na zona de Gandarela, Celorico de Basto, onde reside. Os inspetores também recuperaram a arma.

O detido terá optado na segunda-feira por não explicar os motivos que o levaram a pegar na pistola e a disparar sobre um grupo que se encontrava à porta da discoteca Praça da Música, em Fafe, onde estava André Marçal, de 30 anos, atingido com um tiro na nuca.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!