Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Tribunal proíbe agressores do Marco de Canaveses e Maia de se aproximarem das vítimas

Detidos pela GNR ficam com pulseira eletrónica.
Ana Isabel Fonseca 22 de Agosto de 2019 às 08:47
Justiça
Tribunal
Justiça
Tribunal
Justiça
Tribunal
Dois agressores, de 21 e 33 anos, foram detidos pela GNR, em Marco de Canaveses e na Maia, por violência doméstica. Os alvos dos suspeitos eram as companheiras, que foram sujeitas a ataques físicos e psicológicos.

Os dois agressores foram presentes a tribunal e não se podem aproximar das vítima, tendo de se manter a uma distância mínima de 500 metros. Também não podem estabelecer contactos por outros meios. Serão sempre vigiados por pulseira eletrónica.

No caso de Marco de Canaveses, o jovem, que foi detido na terça-feira, terá ainda de fazer um tratamento de dependência de estupefacientes. A vítima tinha apenas 19 anos e começou a temer pela sua vida e do filho, de dois meses e fruto da relação com o suspeito, que tinha uma verdadeira obsessão e acusava a jovem de traição. A mulher saiu de casa em julho, mas as ameaças de morte continuaram.

Já no caso da Maia, as agressões duravam há cinco anos. A vítima, de 43 anos, tinha já anteriormente formalizado uma queixa às autoridades, mas acabou por desistir. Recentemente foi agredida na rua, o que levou à detenção do companheiro na segunda-feira.

Pormenores
Local de trabalho
No caso de Marco de Canaveses, o suspeito ficou também proibido de contactar a vítima no seu local de trabalho. O consumo de produtos estupefacientes terá, neste caso, ajudado a que o suspeito criasse uma verdadeira obsessão em relação à vida da sua companheira.

Ameaças a familiares
Depois de a jovem ter saído de casa com o filho, o agressor de Marco de Canaveses continuou a fazer ameaças de morte não só dirigidas à companheira, como também aos seus familiares mais próximos.
Marco de Canaveses Maia GNR crime lei e justiça questões sociais crime homicídio morte
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)