Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Tribunal confisca passaportes a casal chinês

Pais estiveram fora do apartamento cerca de três horas.
Sérgio A. Vitorino 23 de Fevereiro de 2016 às 01:00
Casal de chineses não vai poder sair do país
Casal de chineses não vai poder sair do país FOTO: Bruno Colaço/Correio da Manhã
O casal de milionários chineses cuja filha de 5 anos morreu ao cair 80 metros de um apartamento de luxo do 21º andar da Torre de São Rafael, no Parque das Nações, Lisboa, teve de entregar os passaportes – com os vistos gold atribuídos pelo Estado - ao tribunal para garantir que não fugiam de Portugal.

O CM sabe que a PJ recolheu a videovigilância e registos da segurança do edifício e apurou que o casal saiu de casa às 00h03 de sexta-feira para ir jogar ao Casino de Lisboa, a cerca de 500 metros. A menina foi deixada a dormir. Ao acordar e ver-se sozinha entrou em desespero. Uma vizinha ouviu gritos e bater de portas. A criança abriu a porta para a varanda, escalou-a e caiu 80 metros para a morte.

O casal – ele é um alto quadro de um banco de investimento chinês com participação na State Grid, empresa estatal chinesa que detém 25% da Rede Elétrica Nacional (REN) - regressou ao duplex já depois das 03h00. Não viu a filha no quarto e encontrou-a morta no chão da rua. Deu o alerta às 03h37.

O casal foi detido e presente a juiz, ficando em liberdade. Arriscam 10 anos de cadeia pelo crime de exposição ou abandono agravado pela morte.
Torre de São Rafael Parque das Nações Lisboa Casino de Lisboa PJ crime lei e justiça
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)