Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

TRIO ARMADO AGRIDE JOVEM E AMEAÇA DEITAR-LHE FOGO

Um jovem de 25 anos foi agredido e regado com álcool etílico num assalto ao ‘Intermarchê’ da Benedita, Alcobaça, executado anteontem à noite por três indivíduos armados com pistolas e actuando de cara tapada.
15 de Julho de 2003 às 00:00
Manuel Jacinto conta que os ladrões entraram na sala-caixa central e tentaram arrombar o cofre
Manuel Jacinto conta que os ladrões entraram na sala-caixa central e tentaram arrombar o cofre FOTO: Cláudio Garcia
Depois de agredirem Micael Jacinto a murro e pontapé, os assaltantes deitaram-lhe álcool para cima e ameaçaram pegar-lhe fogo com um isqueiro se não lhes desse a chave do cofre do estabelecimento comercial.
O jovem, filho do proprietário, estava sozinho nas instalações e sofreu hematomas nas costas, no pescoço e num pé, tendo sido suturado na cabeça, onde foi atingido com a coronha de uma arma.
Os assaltantes fugiram depois de terem feito disparar o alarme, quando arrancaram o fio que está ligado ao cofre, mas levaram 2500 euros que serviriam de fundo de maneio, no dia seguinte, no posto de abastecimento de combustíveis.
O crime ocorreu pouco depois das 22h00 e os ladrões, com sotaque brasileiro, escaparam num Mitsubishi Lancer de cor verde, informou um elemento da GNR local.
Manuel Jacinto diz que o filho passou por 15 minutos de terror. “Ele entrou em pânico porque sabia que só os empregados é que têm a chave do cofre”, afirmou.
O gerente do ‘Intermarchê’ da Benedita acredita que se trata de “um bando organizado”, pois esperaram que Micael Jacinto ficasse sozinho e agiram com bastante rapidez.
“O meu filho ia fechar o estabelecimento quando entra um indivíduo que lhe aponta logo uma arma e atrás dele vieram mais dois”, contou ao Correio da Manhã.
Quando se introduziram na sala-caixa central, os indivíduos tentaram arrombar o cofre, mas o alarme disparou de pronto, o que os levou a fugir, deixando a vítima no local.
O sistema de segurança com videovigilância interna e externa “impediu que o caso resultasse num desfecho ainda mais grave”, do ponto de vista humano e financeiro, apontou Manuel Jacinto.
ELEMENTOS DE INVESTIGAÇÃO
MÁSCARAS
Os três assaltantes actuaram de cara tapada, um deles com uma meia e os outros com máscaras. Esse facto, aliado à ausência de iluminação no local, impediu a identificação dos indivíduos através do sistema de videovigilância. Apenas ficou registada a passagem de vultos.
REPETIÇÃO
Há dois meses um grupo de imigrantes de Leste, tentou, em pleno dia, sair do ‘Intermarchê’ da Benedita sem pagar produtos avaliados em mais de 500 euros. Acabaram identificados e detidos pela polícia. Tanto nessa ocasião como anteontem os clientes não foram afectados.
INVESTIGAÇÃO
A Polícia Judiciária vai conduzir as averiguações e esteve ontem no local a recolher depoimentos e indícios que possam ajudar na identificação do trio responsável pelo assalto e pelas agressões a Micael Jacinto. O jovem foi assistido no Hospital das Caldas da Rainha.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)