Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Tropas partem hoje para Cabul

Os últimos 115 comandos que vão render o contigente português no Afeganistão partem hoje à noite, pelas 21h20, para Cabul. Amanhã, regressam a Portugal os últimos 116 militares portugueses, comandos e elementos da Força Aérea, que se encontram no país desde Agosto do ano passado, completando a renovação do contingente, adiantou o Estado-Maior General das Forças Armadas.
17 de Fevereiro de 2006 às 00:00
Portugal renova o contingente militar em Cabul
Portugal renova o contingente militar em Cabul FOTO: Francisco Gonçalves
A companhia de comandos, que será comandada pelo major José Ruivo, vai integrar, em Cabul, a Brigada de Reacção Rápida da Força Internacional de Assistência e Segurança no Afeganistão (ISAF). Na fase de preparação, iniciada em Setembro do ano passado, os comandos, habituados a patrulha apeada, privilegiaram os exercícios de patrulha em viatura.
Por outro lado, houve também uma aposta dos comandos na formação médica, sendo que, no novo contigente, haverá um militar em cada equipa com formação dada pelo Instituto Nacional de Emergência Médica em suporte básico de vida.
Amanhã à tarde, pelas 18h40, deverão chegar a Portugal os últimos 116 militares que se encontram em Cabul desde Agosto do ano passado. Neste grupo estão integrados militares da Companhia de Comandos e do Grupo Táctico de Controlo Aéreo da Força Aérea Portuguesa.
Os seis meses de comissão em Cabul ficaram marcados pelo ataque, com um explosivo accionado à distância, à patrulha do primeiro sargento Roma Pereira, a 18 de Novembro.
Na preparação da missão que agora começa, foram considerados riscos principais os ataques com engenhos explosivos improvisados, minas e emboscadas.
Ver comentários