Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Turista presa durante mais de 10 horas em jogo sexual no Gerês

A mulher foi encontrada pela GNR algemada a uma árvore.
Fátima Vilaça 20 de Fevereiro de 2019 às 01:30
A carregar o vídeo ...
A mulher foi encontrada pela GNR algemada a uma árvore.
Aquilo que começou por ser uma aventura com o companheiro, em pleno Parque Nacional da Peneda-Gerês, acabou da pior forma para uma turista alemã, de 29 anos.

A mulher foi encontrada pela GNR algemada a uma árvore, junto uma estrada florestal, na aldeia de Campo do Gerês, na sexta-feira à noite.

Ferida e desesperada, a mulher relatou às autoridades que foi presa à árvore pelo parceiro, por volta das 12h00, num jogo sexual, mas o homem desapareceu, abandonando-a no local. O companheiro, também alemão, está a ser procurado pela Polícia Judiciária, que assumiu a investigação.

Foram os gritos desesperados da mulher - presa a uma árvore há mais de 10 horas - que alertaram um grupo de jovens que jogava futebol no parque desportivo do Campo do Gerês.

Os pedidos de socorro persistentes levaram os jovens a chamar a GNR. Às 22h30, já com a patrulha no terreno, entraram no caminho florestal e encontraram a turista presa com algemas metálicas a uma árvore. Tinha os pulsos ensanguentados, devido às tentativas para se libertar, e estava aterrorizada.

A turista foi libertada pelos militares da GNR e conduzida até ao posto, na vila do Gerês, onde foi assistida por uma equipa de socorristas da Cruz Vermelha de Rio Caldo. Apesar das dificuldades de comunicação, conseguiu explicar como tinha sido ali deixada.

Foi transportada para o Hospital de Braga e já relatou aos inspetores da PJ do Porto as horas de terror que viveu no meio da floresta.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)