Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Um folar de 430 quilos

O maior folar do País, com cerca de 430 quilos de peso, fez ontem as delícias de mais de duas mil pessoas, na Guia, concelho de Albufeira. É o quarto ano consecutivo que um grupo de populares da terra, com o apoio da Junta local e da Câmara de Albufeira, leva a cabo a iniciativa.
9 de Abril de 2007 às 00:00
Anabela, de 9 anos, e Miguel, de 11, residentes na Guia, são dois confessos gulosos que não perderam a oportunidade de saborear o imponente bolo. E os dois concordaram no veredicto: “Está mesmo bom.” O evento tem vindo, ano após ano, a atrair um crescente número de forasteiros a esta povoação, que é conhecida sobretudo pelo frango assado. Joaquina Caldeira, por exemplo, vive no Barreiro e está a passar uns dias no Algarve. Ouviu falar no folar gigante e quis ir prová-lo. “Gostei muito. Se tiver oportunidade, para o ano voltarei”, referiu ao Correio da Manhã.
A ideia de fazer o folar gigante surgiu quase por acaso. Joaquim Vieira, da organização, explicou que o objectivo “era fazer qualquer coisa diferente”. E o propósito, pelos vistos, foi alcançado.
Desidério Silva, presidente da Câmara de Albufeira, salientou que “esta é uma forma de pôr as pessoas a conviver e de valorizar as nossas tradições”. O autarca assumiu a tarefa de cortar as fatias de bolo distribuídas gratuitamente aos populares.
Na confecção do gigante folar estiveram empenhadas sete pessoas, de uma panificadora de Loulé. E a quantidade de ingredientes usada é impressionante: 180 quilos de farinha, 98 kg de açúcar, 17 kg de margarina, 10 kg de banha, 500 gramas de erva doce, 92 litros de leite, a raspa de 80 limões, 50 litros de chá de canela, 230 ovos para a massa e mais 380 ovos para decoração.
FESTA EM VILA DO BISPO
Em Vila do Bispo a tradição repete-se hoje com a realização, às 15h00, da festa denominada Partir do Folar, no Pinhal da Samouqueira. O evento é promovido pela Câmara Municipal que disponibiliza transporte gratuito aos interessados, além de oferecer o apreciado folar. O objectivo da iniciativa é manter de pé uma tradição já com décadas de existência no concelho, possibilitando o são convívio entre as família e o contacto com a natureza. A festa terá animação musical, através da actuação do acordeonista Marco António.
Ver comentários